Pela Água

Em “Pela Água” fala-se do amor e dos seus desencontros. Um diálogo intenso, enigmático mas nítido, entre dois homens de uma mesma mulher. Diferentes idades, diferentes experiências, tanto e tão pouco em comum. Uma meditação conjunta acerca das relações humanas, que aprofunda o poder das palavras num diálogo dominado pela ausência dessa mulher – e pelo amor.

De 14 a 16 de Dezembro de 2018.



7,50


AVISO: Bilhetes Reservados terão de ser pagos nas 2h seguintes. Após esse tempo os mesmos serão cancelados automaticamente.

“Pela Água” é um texto original de Tiago Correia, publicado pela Imprensa Nacional Casa da Moeda, em 2017, no âmbito do Grande Prémio de Teatro da SPA / Teatro Aberto, que mereceu em 2016.

 

O Júri realçou a qualidade da obra premiada, não só a nível do conteúdo dramático, mas também ao nível formal da escrita, em que o uso expressivo da pontuação constrói uma mancha textual peculiar e as falas das personagens se destacam por uma singular fluidez poética, com tanto de misterioso como de transparente.

 

Em “Pela Água” fala-se do amor e dos seus desencontros. Um diálogo intenso, enigmático mas nítido, entre dois homens de uma mesma mulher. Diferentes idades, diferentes experiências, tanto e tão pouco em comum. Uma meditação conjunta acerca das relações humanas, que aprofunda o poder das palavras num diálogo dominado pela ausência dessa mulher – e pelo amor.

 

“Pela Água” é uma peça de teatro íntimo, de revelações e confidências, que suscita questões existenciais e sociais, geracionais e relacionais, como a da falta de perspetivas de futuro, a questão da superação dos ídolos, o confronto com a mudança de paradigmas de geração para geração e a crítica à estrutura familiar tradicional. Suscita ainda questões feministas - através do empoderamento da figura feminina - assente numa figura central ausente.


////  Ficha Artística/Técnica

Texto e Encenação: Tiago Correia Interpretação: Eduardo Breda e João Melo Cenografia: Ana Gormicho Figurinos: Sara Miro Desenho de Luz: Rui Monteiro Desenho de Som e Operação: Pedro Lima Música Original: Les Saint Armand Montagem e Operação de Luz: José Diogo Cunha Imagem: Francisco Lobo Design Gráfico: Inês Ferreira Produção: A TURMA Produtora: Sandra Carneiro / Marca-d’água

A turma é uma estrutura financiada pela Direção Geral das Artes/República Portuguesa

Apoios: Armazém 22, Clube Fenianos Portuense


Duração: 80 min (a confirmar)

Classificação: M/14

Este site usa cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar no nosso site está a consentir a sua utilização, descrita na nossa Política de Cookies